Devocional: Sentir medo, e ainda assim, viver uma vida destemida.

Não sei quanto a você, mas sei bem o que é sentir medo, e sendo travada por tal emoção, consequentemente, ser impedida de levar uma vida destemida. Dentre tantas mentiras lançadas por Satanás, eu não me via como alguém que tem coragem, e nem mesmo dotada de força física. Alguém me disse um dia que eu era mole, e por longo tempo, acreditei.

Há uma história Bíblica que ganha o meu coração por trazer esse tema em voga, há uma voz que me diz: Não temas! Você também já ouviu em seu coração, Jesus lhe dizendo essas belas palavras? E, te convidando a vencer obstáculos? Ele nos ensina a não termos medo.

“Mas Jesus imediatamente lhes disse: tende bom ânimo! Sou eu, Não temais!” Mateus 14.27

Tal episódio ocorreu, quando Jesus se afastou sozinho para orar. Ele despediu a multidão, fez com que seus discípulos passassem ao outro lado do rio. A noite caiu e a tempestade se tornou intensa, balançando as águas, agitando o barco. E na escuridão, seus discípulos viram, o que se parecia com um fantasma. O medo, não os deixou ver claramente, não os deixou reconhecer a realidade, e ver ali, a Jesus, andando sobre as águas.
“O barco já estava longe quando começou a ventar muito forte, e a embarcação era sacudida pelas ondas. Por volta das quatro horas da madrugada, Jesus foi na direção deles, andando sobre o mar. Aterrorizados, eles nem conseguiam pensar direito. “Um fantasma!”, gritaram apavorados.” Mateus 14.24-26 (A Mensagem)

Agora, pensemos em nossos problemas, quando tudo parece nublado e tempestuoso. Sim, nós também sentimos medo. Quando não conseguimos medir as distâncias e nem compreender nossas tribulações. Tudo parece agitado, tanto dentro de nós como fora! E assim, como os discípulos de Jesus, também nos sentimos aterrorizados e não conseguimos pensar calmamente. É como estar no deserto e ver miragens, e não saber como seremos salvos.

A versão da Mensagem, narra que Pedro teve um ímpeto de coragem e pediu a Jesus para também andar sobre às águas. Isso significa que Pedro não pensou direito, mas teve o desejo de experimentar o imaginável, não pensou no que representava tal pedido, mas acreditou que se Jesus estava andando sobre as águas, ele também poderia fazer o mesmo. Isso não era apenas uma metáfora para Pedro, era totalmente literal. Tirar os pés do barco e se deixar levar por Jesus. Consegue imaginar o coração de Pedro batendo agitado? E a mistura de sentimentos a lhe invadir o corpo?
Quantas orações fizemos ao Senhor pedindo para sermos de fato corajosos? O Senhor continua a atender nossas orações e o que Ele nos diz hoje, diante de tudo o que temos vivido, é: Tem bom ânimo! Tem bom ânimo! Sim, alegre o seu coração e tenha fé. O dicionário online descreve bom ânimo como “excesso de determinação diante de uma circunstância perigosa.”

Viver é perigoso e como dizem por aí, para morrer, basta estar vivo. Cada um de nós deseja viver uma vida extraordinária e cheia de aventura, em medidas diferentes, rotinas e “perigos” diversos, desejamos viver intensamente com o Senhor! E apenas precisamos olhar para Jesus, mantendo nosso olhos ligados ao d’Ele, apenas assim, viveremos o impossível!

Fonte: FHOP
Medite :

Mateus 14:27 Mas Jesus imediatamente lhes disse: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo! ”

1 Coríntios 16:13 Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes.

Nossa base de medição deste ano são os textos do devocional um ano de imersão.

Por Ele e Por Você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *