DEVOCIONAL VIDA DE ORAÇÃO: ORANDO COM CONVICÇÃO E ESPERANÇA
17/10/18

Hoje, quero te convidar a romper em convicção e esperança na oração. Pois, um dos aspectos mais impressionante na vida de Jesus é que Ele é um homem de oração. Muitas vezes, o Senhor se retirou da multidão para estar a sós com o Pai e, mesmo hoje, continua a interceder em nosso favor. Somos desafiados ao mesmo tipo de relacionamento com o Deus que escolheu nos chamar de filhos.

Às vezes, quando chegamos diante de Deus, o nosso coração está em chamas e sentimos confiança inabalável. Em outros momentos, porém, nossa fé é tão frágil e fraca que não conseguimos perceber os céus rompendo sobre nós. Apesar de sermos aqueles que desejam crer, nossos olhos sentem como uma película que obscurece e turva a nossa visão. Isto, sem falar, de quando nosso coração se torna insensível ou indiferente.

Incredulidade e dúvida são as piores emoções com que podemos nos achegar diante do Deus que quer ouvir nossas orações. Mas, por que nos sentimos assim? Por que duvidamos ao invés de crer? Várias podem ser as respostas para essas perguntas. Talvez tenha relação com a nossa história, com pessoas que não cumpriram promessas e de alguma forma nos decepcionaram. Mas, hoje podemos mudar a disposição dos nossos pensamentos. Primeiro, devemos nos lembrar que Deus não é como o homem. Ele não mente, não é volúvel e nem nos engana.

Deus é imutável, isto é, Ele não muda, e nos afirma isto em Malaquias 3.6a – “Porque eu, o Senhor, não mudo…”. Podemos olhar em toda a Sua Palavra e perceber que cada uma de Suas promessas são reais e verdadeiras. Seu caráter é perfeito, Ele não nos ilude, nem mesmo por um segundo. Podemos orar com convicção e esperança, nos lembrando de que seu amor foi tão grande que Ele entregou o seu próprio Filho. E, quando fez isso, o véu foi rasgado e todas as barreiras foram quebradas.

Quando essas verdades encontram o nosso coração, isso gera esperança em nós, e passamos a confiar como confiavam os heróis da fé e nossos personagens Bíblicos prediletos. O Pai da Fé. Romanos nos assevera, que mesmo levando em consideração o seu próprio corpo amortecido, já tendo ele cem anos, “NÃO DUVIDOU, DA PROMESSA DE DEUS, MAS PELA FÉ SE FORTALECEU”. Essa é a fé que desejamos, essa é a fé que precisamos buscar.
Aquela que muda nossa forma de pensar e nos enche de graça em esperar. E isso, é totalmente relevante quando nos dispomos a interceder. É preciso que oremos com convicção e esperança, acreditando que nossas orações serão ouvidas mesmo em tempo de grandes desafios.

“Abraão, esperando contra a esperança, creu, para vir a ser pai de muitas nações, segundo lhe fora dito: Assim será a sua descendência. E, sem enfraquecer na fé, embora levasse em conta o seu próprio corpo amortecido, sendo já de cem anos, e a idade avançada de Sara, não duvidou, por incredulidade, da promessa de Deus; mas, pela fé, se fortaleceu dando glória a Deus, estando plenamente convicto de que ele era poderoso para cumprir o que prometera.” Romanos 4.18-21

O Deus que traz vida aos mortos, dá a mulher estéril filhos, cura os doentes, faz milagres acontecerem, a Ele, nos acheguemos com confiança. Crendo que não há impossíveis em todas as suas promessas. Que como Igreja Brasileira possamos viver na Plenitude do Amor de Cristo. Lembrando-nos que nada e nem ninguém poderá nos separar das garras do Seu amor. Ele chama à existência as coisas que não existem, ainda! Ele fará existir.

“Por pai de muitas nações te constituí, perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.” Romanos 4.17

Oração um chamado para TODOS
Jesus for life! ( Jesus é para vida)
Imersão

Fonte:adaptado Fhop
Medite | Ore essas palavras

Romanos 4:17 Como está escrito: “Eu o constituí pai de muitas nações”. Ele é nosso pai aos olhos de Deus, em quem creu, o Deus que dá vida aos mortos e chama à existência coisas que não existem, como se existissem.

Jeremias 29:11 Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.

Malaquias 3:6a De fato, eu, o Senhor, não mudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *