DEVOCIONAL UM HOMEM ACESSÍVEL A DEUS
09/05/2018

“Certo dia, por volta das três horas da tarde, ele teve uma visão. Viu claramente um anjo de Deus que se aproximava dele e dizia: ‘Cornélio!’ Atemorizado, Cornélio olhou para ele e perguntou: ‘Que é, Senhor?’ O anjo respondeu: ‘Suas orações e esmolas subiram como oferta memorial diante de Deus. Agora, mande alguns homens a Jope para trazerem um certo Simão, também conhecido como Pedro, que está hospedado na casa de Simão, o curtidor de couro, que fica perto do mar’.” (Atos 10.3-6)

Cornélio era temente a Deus. Ele certamente queria a benção de Deus para si e para sua casa. De onde lhe veio isso, não sabemos. Não sabemos que experiências o levaram a temer a Deus. Mas, dedicado à oração, Deus o ouviu e lhe permitiu uma experiência sobrenatural: teve uma visão de um anjo de Deus que falou com ele.
Facilmente podemos pensar: “É isso que me falta!: ter uma visão de um anjo de Deus e ele falar comigo! Com essa experiência eu seria um cristão muito melhor!” Se isso reflete de alguma forma seus pensamentos, reconsidere. A visão de um anjo não faz se necessária ou definitiva, Deus a daria ou dará. Talvez o que nos falte seja orar dedicadamente como fez Cornélio.
Ele não orou para ter uma visão e nós também não devemos orar com esse propósito. Deus nos dará todas as visões que achar necessárias. Cornélio orou buscando a Deus e Deus se revelou. Não conheceremos Deus se não orarmos. Podemos ter informações sobre Deus, mas conhecê-lo é algo mais que isso. Orar é estar com Deus. A oração nos ajuda a perceber Deus.
Orando veremos mais e melhor a vida. Perceberemos mais os leves movimentos divinos entre nós. E, mais que de anjos, precisamos de pessoas. Na vida de Cornélio faltava Pedro e Deus agiu para promover esse encontro, pois Cornélio estava acessível a Deus. Esse é um aspecto importante: Cornélio estava acessível. O problema não é Deus estar acessível. Ele está Ele nos ama, Ele se deu a nós em Cristo!
O problema somos nós. Estamos acessíveis a Deus? Estar acessível é ser sensível à Sua voz e presença. Se não nos dedicarmos a oração, não estaremos. Ele se moverá, falará, sinalizará, mas não o perceberemos.
Orar não é uma opção. Orar não é algo para fazermos dependendo do que estivermos enfrentando. Não é para acontecer quando nada mais pudermos fazer: “já tentei de tudo para resolver isso, agora só me resta orar!”. Orar deve estar no centro da vida. Se não estiver, não se pode pretender vive-la de forma cristã. Ainda que frequentemos cultos, leiamos livros, ouçamos sermões.
O nosso problema, tanto individual como coletivo, é nossa falta de oração.
Somos cristãos e igrejas que oram pouco. Por isso somos muitos, mas quase nada relevantes! A falta de oração ou a pouca oração nos leva a seguir nossos planos, produzimos as nossas experiências, criamos nossos métodos, metas e objetivos, e tentar colocar em tudo a etiqueta: “Vontade de Deus”.
O resultado está aí! Precisamos mudar isso, dobrar mais os joelhos. Se nos ajoelharmos mais, cairemos menos. Se orarmos mais, veremos melhor e mais adiante. Mude isso em sua vida. Ore mais hoje. Ore melhor. Talvez seja desafiador e difícil, mas persista. Ore e peça a Deus: Senhor ensina-me a orar!
#vidaresponsável • Jesus for life! ( Jesus é para vida)
Imersão
Fonte:IBPC
Medite:

Mateus 7:7,8″Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.

Efésios 1:17,18 Peço que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o glorioso Pai, lhes dê espírito de sabedoria e de revelação, no pleno conhecimento dele.Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos.

Efésios 3:16-19 Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite em seus corações mediante a fé; e oro para que vocês, arraigados e alicerçados em amor, possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade,
e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *