Células

O QUE É UMA CÉLULA?

A Célula deve ser comparada a célula do nosso corpo. Ela não é todo o corpo, mas trás dentro de si todas as informações necessárias para gerar um corpo inteiro.

A biologia nos ensina que Célula é a menor unidade estrutural de um organismo capaz de ter um funcionamento independente.

As Células são uma maneira de nos organizarmos e de sermos expressivos e eficientes no cumprimento da visão e missão que Deus nos deu. Elas são a maneira de sermos igreja, direcionando todos os membros a seguirem para o mesmo alvo que é Cristo Jesus.

A Célula é lugar de amizade, vida, aconchego, relacionamento, compartilhar as necessidades pessoais, focalizar a Cristo e levar outras pessoas ao evangelho.

Célula é um “grupo de cinco a quinze pessoas que se reúnem regularmente para cumprir os mandamentos das Escrituras de amar uns aos outros, estando ao mesmo tempo integralmente ligados a uma igreja local e com olhar voltado para o mundo.” NEWMANN, Mikel. Alcançar a cidade. São Paulo: Vida Nova, 1993.

Vale ressaltar que a Célula é muito mais que apenas em uma reunião no lar. Ela é muito mais importante que a sua reunião. Se a Célula só existe no dia da reunião, então não é uma Célula. O grupo busca ser uma comunidade e a vida em comunidade existe fora dos cultos e da reunião. A reunião semanal é apenas um encontro do grupo, que se relaciona em todo tempo. A Célula acontece vinte quatro horas por dia, sete dias por semana. Sempre que os irmãos se encontram ela acontece.

Então, você está pronto? Na EDIFICANDO, há uma Célula do seu jeito: jovem, adulto, casado, criança, solteiro, adolescente, só de homens, só de mulheres. Encontre uma Célula perto da sua casa, em São Paulo ou região metropolitana.

OBJETIVOS DAS CÉLULAS

Resumimos os objetivos da Célula em cinco itens, os quais são fundamentais para que a mesma desempenhe corretamente sua função: Adoração, Comunhão, Edificação, Serviço e Evangelismo.

1. ADORAÇÃO: Tudo o que fazemos deve ser para glória de Deus. O propósito básico da igreja é glorificar ao Senhor. Deus está interessado em que o glorifiquemos em tudo que fazemos.

“Quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a gloria de Deus” (I Coríntios 10.31).

“Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade, a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória.” (Efésios 1.11-12)

''A Ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!"(Efésios 3.21)

2. COMUNHÃO: Desenvolvimento de vida compartilhada, alvos comuns e aliança mútua. Isso significa fomentar o amor de uns pelos outros.

O grupo busca ser uma comunidade e para isso precisamos entender que a Célula é muito mais do que reunião semanal. Quando nossa percepção do grupo é limitada à reunião semanal, então não estamos envolvidos em comunidade. A vida em comunidade existe fora dos cultos e das reuniões. O relacionamento é mais importante que a reunião. É no relacionamento que crescemos como servos, aprendemos a viver a vida cristã, somos supridos e também suprimos os outros em amor.

É curioso que a Bíblia fala muito mais de comunhão na igreja do que de evangelismo. Talvez a melhor estratégia de evangelismo seja a verdadeira e genuína comunhão entre os irmãos. Jesus disse que o mundo nos reconheceria como seus discípulos se nos amássemos uns aos outros. É na comunhão que testemunhamos esse amor.

3. EDIFICAÇÃO: A Célula é lugar também de receber orientação, esclarecimento, ensino, ministração da parte de Deus. Todas as pessoas que participarem da reunião de Célula devem ser edificadas e sair da reunião melhor do que quando entraram. Sendo assim, a Célula deve oferecer um ambiente para o crescimento espiritual, aprendizado prático, disciplina, prestação de contas e amor através do ouvir a palavra de Deus e da edificação mutua.

4. SERVIÇO: Cada crente é um ministro e cada um recebeu um dom. Na Célula, os dons são exercitados para o serviço mútuo.

Muita gente pensa que servir a Deus é fazer coisas na igreja como cantar, orar e pregar. Poucos percebem que servimos a Deus quando exercitamos nossos dons e conhecimentos, de forma a ajudar e edificar as pessoas. São tantas as possibilidades de ajuda mútua e serviço que não poderíamos enumerá-las aqui.

A Célula é o lugar ideal para exercício dos dons e talentos de cada participante. Cada membro deve contribuir e participar da Célula dando e o seu melhor.

“Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus” – I Pedro 4.10

Os membros devem estar devidamente ligados pelo auxílio "de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte" - Efésio 4.16

5. EVANGELISMO: Todo o projeto final de edificação do grupo visa à multiplicação. Crentes realmente edificados na Palavra são crentes frutíferos.

Não somos chamados apenas para usufruir da presença de Cristo e experimentar seu poder, mas também para levar adiante o propósito de Cristo. A Célula é o lugar onde inserimos novos membros. É onde alimentamos, guardamos e suprimos os novos irmãos. Isso significa ganhar almas perdidas.

A Célula olha para dentro, mas também olha para fora. Ela procura ajudar no crescimento de cada membro para o ministério, porém sua tarefa mais importante é levar a Cristo pessoas não alcançadas.